Seu ano só começa depois do carnaval?

Esse é um pensamento de muitos brasileiros que só sentem que o ano começou de fato após a folia.

As férias escolares, o recesso e o clima tipicamente quente formam um cenário perfeito para dar aquela relaxada e estender um pouquinho mais o descanso. 

Esse é um comportamento comum mas que esconde um vilão que pode estar te boicotando.

Com certeza você já deve ter ouvido falar essa palavrinha difícil de pronunciar, mas será que de fato você sabe o que é o hábito de procrastinar?

Sabe aquele velho ditado: “Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje” ; pois é, apesar de clichê ele é super relevante para o assunto que vamos tratar aqui!

Para esclarecer, nossa intenção não é apontar culpados, mas sim te ajudar a identificar se você não está, digamos que, se deixando levar pelo marasmo e praticando comportamentos autossabotadores, que são extremamente prejudiciais para o desempenho do seu negócio.

Lembre-se: “Camarão que dorme a onda leva”

Tá, bom, tá bom! Vou parar com os ditados populares! 

Para começar, o que é procrastinação?

“Ato ou efeito de procrastinar; adiamento, delonga, demora – Michaelis de Língua Portuguesa.”

Procrastinar é o ato de protelar, ou seja, adiar uma demanda ou tarefa. Em termos populares, “ir empurrando com a barriga”.

De certa forma é um comportamento habitual, porque leva a gente a pensar que está “priorizando nossas atividades”. Mas esse pensamento pode ser exatamente o que está te impedindo de alcançar os seus objetivos.

Uma pesquisa publicada no jornal The New York Times relatou que, uma a cada cinco pessoas é um procrastinador crônico.

A procrastinação atinge vários setores da vida; como aquele hábito inofensivo de deixar pra começar a dieta na segunda, ler aquele livro que você comprou há meses e já está empoeirado na estante, ou até mesmo, iniciar um projeto profissional que pode te trazer vários ganhos financeiros.

Você é um procrastinador? Vamos testar!

Responda as perguntas a seguir com SIM ou NÃO se você já falou, pensou ou fez alguma dessas afirmações:

  1. “Semana que vem eu começo a academia”;
  2. Perdeu o prazo da inscrição;
  3. Fez compras na véspera do Natal; 
  4. “Só mais cinco minutinhos”;
  5. Adiou uma reunião importante com um cliente sem um motivo realmente sério.

Se identificou com pelo menos 3 dessas afirmações? Sinto te informar que há sérios riscos de você ser um procrastinador em potencial.

Isso é grave? Tem cura? Calma que a gente vai te ajudar!

Agora que você já sabe o que é procrastinação e tem uma ideia se está praticando. 

Vamos destacar uma atitude que você pode e deve tomar para combater esse problema.

Se está complicado, desenhe:

Pode parecer óbvio e certamente você já deve ter aí um caderninho em que anota suas tarefas diárias, mas mesmo assim não consegue cumpri-las. 

Vem com a gente que vamos te mostrar um jeito simples de tirar esses planos do papel.

E por falar nele, vamos precisar de um papel, uma caneta e uma régua.

[…]

Sim, é pra fazer agora, nada de procrastinar mais. Estamos esperando, vai lá!

Voltou? Que ótimo, vamos continuar!

Agora faça uma tabela como no exemplo abaixo:

Você deve preencher com todas as atividades que você tem deixado de lado, exatamente como na imagem a seguir. Coloque o objetivo, o tempo de duração, o dia ou dias em que vai realizar, a hora e, por último (e nesse caso o “pulo do gato”), a recompensa.

Exemplo:

O método infalível

A Professora Katherine Milkman (EUA), é uma especialista em economia comportamental. Ela estava cansada de criar objetivos e não avançar em suas metas, até que um dia ela teve uma grande ideia.

Katherine observou que, se acrescentasse uma recompensa a cada atividade que ela estava procrastinando, se sentiria mais motivada e teria melhores resultados.

E não é que deu certo!

Com o sucesso da sua experiência pessoal, Katherine desenvolveu um estudo para comprovar a técnica. 

iPods com audiolivros foram distribuídos para três grupos de alunos (Universidade da Pensilvânia).

O grupo 1 só teve acesso ao iPod quando estava na academia;

O grupo 2 teve acesso livre ao iPod e era incentivado a ouvir quando estivesse na academia.

Já o grupo 3 recebeu apenas um atestado de presença nos dias que praticavam exercícios na academia.

O resultado foi que o grupo 1 teve 29% melhor que o grupo 2 e 51% melhor que o grupo 3.

Com o resultado dessa pesquisa, foi possível desenvolver a técnica “Temptation Bundling” usada como combate a procrastinação.

Agora que você já sabe como combater a procrastinação, deixa a gente te dar mais uma dica.

Aqui na Blu a gente valoriza a importância do seu relacionamento com o cliente e por isso estamos sempre em busca de soluções e ideias para facilitar o seu dia-a-dia.

Queremos te fazer uma provocação:

Que tal colocar como objetivo o aumento do seu faturamento com a Blu?

Fazendo cálculos simples, identificamos que se você apresentar a Blu para 5 clientes que aderirem a Conta Digital, você terá R$ 2.500 a mais no seu orçamento mensal, isso dá R$ 30.000 a mais no seu faturamento anual.

Já vai pensando aí nas recompensas que você deseja para aproveitar ao máximo essa “folguinha” no seu orçamento.

E você ainda ganha prêmios em dinheiro indicando o seu cliente para a Blu!

👉 Indicação Premiada: R$500 a cada novo cliente que você indicar e aderir à Blu.

Ficou alguma dúvida?

Converse com o seu assessor! Temos um time dedicado para atender você.

Gostou do conteúdo? Curta, comente e compartilhe!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.